A produção da indústria em 19 países do bloco avançou 0,9%, enquanto as exportações ficaram acima das importações em 19,2 bilhões de euros.

Produção da indústria recuou 1,5% de janeiro a novembro de 2019 na Zona do Euro Kai Pfaffenbach/Reuters A produção industrial da zona do euro encolheu mais do que o esperado em novembro na comparação com igual mês de 2018, disse a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta quarta-feira (15). Em novembro, a produção de energia e bens de capital e intermediários e energia continuaram em queda, enquanto o superávit comercial (exportação maior que importação) foi ligeiramente menor do que o previsto. A Eurostat disse que a produção industrial nos 19 países que compartilham o euro avançou 0,2% no comparativo mensal, com uma queda de 1,5% na base anual.

Economistas consultados esperavam um aumento mensal de 0,3% e um declínio anual de 1,1%. Separadamente, a Eurostat disse que o superávit comercial não ajustado da zona do euro em relação ao resto do mundo em novembro foi de 20,7 bilhões de euros, acima dos 18,2 bilhões do ano anterior, mas abaixo das expectativas do mercado de 23,3 bilhões de euros. Ajustado pelas oscilações sazonais, o superávit comercial foi de 19,2 bilhões de euros em novembro, ante 24,0 bilhões em outubro, uma vez que as exportações caíram 2,8% no mês enquanto as importações recuaram apenas 0,5%.