NOTÍCIAS


Justiça condena dois homens por protesto na casa de Alexandre de Moraes.

Manifestantes foram denunciados por ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego; ato ocorreu em 2020.

A Justiça de São Paulo condenou dois homens após participarem de um protesto em frente ao prédio do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2020. Antonio Carlos Bronzeri, de 65 anos, e Jurandir Alencar, de 59 anos, foram condenados a 19 dias de prisão em regime aberto. Eles podem recorrer da decisão. O Ministério Público do Estado acusa os manifestantes de ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego. De acordo com a denúncia, Antonio e Jurandir ofenderam Moraes com xingamentos como “canalha”, “pilantra”, “vagabundo” e “advogado do PCC”. Um deles também teria dito que iria “defenestrar o ministro e a sua família da terra”. “A materialidade está comprovada pelos laudos periciais e pela prova oral colhida em juízo”, diz a decisão do juiz José Fernando Steinberg, do Juizado Especial Criminal da Barra Funda.

Fonte:- Jovem Pan




01/06/2022 – Sintonia FM

SEGUE A @SINTONIAFM87.5

(11) 4012-4292

contato@sintoniafm.com
Rua: Machado de Assis nº 56 – 1º Andar  Bairro: Jardim Santos Dumont. Cidade:- Bom Jesus dos Perdões – S/P – WhatsApp: – (11) 9.1569-2999.

NO AR:
SÁBADAÇO