NOTÍCIAS


Medicamento contra o Parkinson se torna referência nacional.

Dicloridrato de pramipexol, da Fiocruz, foi incluído na lista da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou que o medicamento dicloridrato de pramipexol, utilizado no tratamento da doença de Parkinson, se tornou referência nacional para laboratórios interessados em produzi-lo no Brasil. A inclusão do medicamento na lista de referência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ocorreu na última sexta-feira, dia 8. A Fiocruz ressalta que essa designação atesta a qualidade, eficácia e segurança do medicamento, proporcionando segurança aos profissionais de saúde e aos pacientes que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi tomada devido ao fato de que o medicamento de referência anterior, o Sifrol, não está mais disponível no mercado brasileiro, após o pedido de cancelamento feito pela empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim. Para garantir a autonomia nacional na produção do medicamento, a Fiocruz já havia firmado uma parceria com a empresa alemã. A parceria foi anunciada em março de 2022 e o presidente da Boehringer Ingelheim do Brasil destacou a importância dessa colaboração para a produção de medicamentos e o acesso ao tratamento por parte dos pacientes com Parkinson. Para produzir o pramipexol em escala industrial, o Farmanguinhos/Fiocruz envolveu diferentes setores, como o Laboratório de Tecnologia Farmacêutica, o Desenvolvimento de Embalagens, a Assistência de Gestão em Projetos de Absorção e Transferência de Tecnologias, além das áreas de Controle da Qualidade, Produção e Serviço de Boas Práticas de Fabricação. A doença de Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais comum no mundo, ficando atrás apenas do Alzheimer, e estima-se que mais de 200 mil pessoas convivam com essa enfermidade no Brasil.

A doença de Parkinson é uma enfermidade degenerativa do sistema nervoso central, crônica e progressiva. Ela é causada pela degeneração de células que produzem a dopamina em uma região do cérebro. A dopamina é uma substância importante para o bom funcionamento do sistema nervoso central e sua redução ou ausência causa problemas nos movimentos dos músculos do corpo. Os sintomas da doença incluem tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular e alterações na fala e na escrita. Esses sintomas impactam negativamente na qualidade de vida dos pacientes e podem levar a comorbidades relacionadas a questões emocionais. Ela pode afetar qualquer pessoa, independentemente de sexo, raça, cor ou classe social, mas tende a afetar mais pessoas idosas. A maioria dos pacientes apresenta os primeiros sintomas a partir dos 50 anos de idade. O medicamento dicloridrato de pramipexol, produzido pela Fiocruz, oferece benefícios aos pacientes, estabilizando a doença e proporcionando uma melhor qualidade de vida. Agora, com a inclusão do medicamento na lista de referência da Anvisa, sua produção e acesso serão facilitados no Brasil.

Fonte:- Jovem Pan.




18/12/2023 – Sintonia FM

COMPARTILHE

SEGUE A @SINTONIAFM87.5

(11) 4012-4292

contato@sintoniafm.com
Rua: Machado de Assis nº 56 – 1º Andar  Bairro: Jardim Santos Dumont. Cidade:- Bom Jesus dos Perdões – S/P.                 Whats App (11) 9.1569-2999                                Rádio que sintoniza você!!!

NO AR:
MOMENTO MULHER - SINTONIA FM